Top Social

RESENHA | GEEKERELA - ASHLEY POSTON

segunda-feira, 30 de abril de 2018

SINOPSE 

Quando Elle Wittimer, nerd de carteirinha, descobre que sua série favorita vai ganhar uma refilmagem hollywoodiana, ela fica dividida. Antes de seu pai morrer, ele transmitiu à filha sua paixão pelo clássico de ficção científica, e agora ela não quer que suas lembranças sejam arruinadas por astros pop e fãs que nunca tinham ouvido falar da série. Mas a produção do filme anunciou um concurso de cosplay numa famosa convenção valendo um convite para um baile com o ator principal, e Elle não consegue resistir. Na Abóbora Mágica, o food truck vegano onde trabalha, ela encontra a ajuda de uma amiga cheia de talentos para moda que vai criar o traje perfeito para a ocasião. Afinal, o concurso é a chance de Elle se livrar das tarefas domésticas impostas pela terrível madrasta e das irmãs postiças malvadas.

RESENHA

Como dito anteriormente, releituras de clássicos infantis estão se tornando cada vez mais populares no universo literário, especialmente quando direcionadas ao público jovem adulto. Após me dedicar durante um mês a essas obras específicas, algo que aconteceu involuntariamente, cheguei ao adorável "Geekerela", que procura misturar elementos do conto original à modernidade do fandom, repleto de elementos que são capazes de fazer os leitores se sentirem incluídos na narrativa. 

Não é segredo que "Cinderela" possui inúmeras versões, principalmente no cinema... Em 2004, por exemplo, Hilary Duff estrelou o queridinho "A Nova Cinderela" e, mais recentemente, quem deu vida a personagem na tela grande foi Lily James. Ou seja, é extremamente difícil criar algo completamente original, algo que ninguém tenha feito. Felizmente, em seu livro de estreia, Ashley Poston traz uma abordagem inteiramente nova.

Catherine não me quer por perto, e as gêmeas com certeza também não. Mas não tenho para onde ir. Preciso que a Prospero venha me buscar. Preciso de uma passagem para outro universo.

Como poderíamos esperar, a vida de Danielle Wittimer não é perfeita, graças a influência de sua madrasta. E o amor de sua vida é alguém que Elle está disposta a odiar. Veja bem, Darien Freeman é uma estrela em ascensão e a pior escolha para interpretar Carmindor, o protagonista de sua série favorita, Starfield. Porém, a vida dos personagens começa a se entrelaçar de forma inusitada e o encontro entre eles acontece da melhor forma possível, num evento de cosplay

Ashley Poston segue o conto original e aproveita seus elementos para que pareça, de fato, uma releitura. Mas é incrível como a autora consegue inserir aspectos originais à trama, como por exemplo a paixão de Elle por um seriado e o desejo de participar da convenção criada pelo próprio pai, a ExcelsiCon. Inclusive, mesmo que Robin Wittimer não esteja fisicamente presente, o leitor pode perceber o quanto a relação de pai e filha era forte e o quanto ele continua presente para Elle.

[...] meu pai me ensinou, muito tempo atrás, que é preciso mais que uma fantasia bem feita para merecer a insígnia da Federação. É preciso coragem e perseverança. É preciso ter todas aquelas coisas boas que ainda sinto no velho cosplay do meu pai.

"Geekerela" é uma das poucas releituras de "Cinderela" que se preocupa em mostrar o lado do príncipe encantado, nesse caso, Darien. É gratificante ler sobre seu dia a dia, os dilemas que vive e os pensamentos que tem em relação a Elle. É muito positivo que a autora tenha conseguido escrever dois pontos de vista distintos, cuja narrativa não se confunde. Minha nota para o romance não é máxima por dois motivos: existem alguns erros de continuidade narrativa, nada que atrapalhe a leitura, mas que não passam despercebidos. Contudo, é uma leitura extremamente prazerosa e uma das edições mais bonitas que tenho na estante. 


Post Comment
Postar um comentário